Justiça decide a favor de Berguinho. Recurso terá que ser junto ao TST

A Justiça julgou procedente a ação de Berguinho no caso da rescisão direta e o atleta está livre. A decisão aconteceu hoje e o clube tem até o final da semana para dar baixa no contrato via BID (Boletim Informativo Diário). Os atrasos no recolhimento do FGTS praticamente desde o início do seu contrato profissional e os quatro meses de salários, determinaram a decisão da Justiça. O ABC perde um bom valor por pura desorganização de sua direção, que assiste mais um bom valor sair gratuitamente.

Cabe recurso à decisão. O Recurso cabível, neste caso, é Mandado de Segurança junto ao TST, já que a decisão que determinou a rescisão indireta do contrato foi proferida pelo Tribunal, e não pela Vara do Trabalho. Eis a sentença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *