A carta-renúncia de Rodrigo Salustino

Rodrigo Salustino entregou nesta tarde de segunda-feira sua carta-renúncia ao cargo de vice-presidente do ABC, para qual tinha sido eleito no pleito de 2015. Eis a carta que foi encaminhada ao presidente do Conselho Deliberativo do clube, Cláudio Roberto Alves Emerenciano. Para ampliar, basta clicar sobre a imagem.

One thought on “A carta-renúncia de Rodrigo Salustino

  1. Tenho certeza de que o clube dará continuidade aos avanços ocorridos na atual gestão, que:

    1) Conseguiu 3 dos 4 principais objetivos que teve no futebol nos anos de 2016 e 2017:

    – conquistou o título potiguar em 2016, que o clube não conquistava desde 2011, obtendo vagas para a Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2017;
    – conquistou em 2016 o acesso para a Série B 2017;
    – conquistou o bicampeonato potiguar em 2017, obtendo vagas para a Copa do Nordeste e Copa do Brasil 2018.

    Criou o Núcleo de Futebol do clube para reduzir a quantidade de contratações, conseguindo ter no ano de 2017 o menor número de contratações feitas pelo ABC desde 2010.

    Alem disso, no período 2016/2017 o ABC conseguiu o recorde de invencibilidade da história do Frasqueirão, ficando 35 jogos seguidos sem perder.

    2) Conseguiu 3 novos patrocinadores (Caixa, Cimento Nacional e Yamaha), além de vários outros patrocínios pontuais numa época de enorme crise econômica no país.

    3) Aumentou o investimento do clube nas categorias de base e conquistou quase todos os títulos nestas categorias, além de ter colocado no elenco principal do clube nos anos de 2016 e 2017 vários jogadores oriundos das categorias de base, e criado a “Pequenos Alvinegros”, nova escolinha de futebol do clube.

    4) Fez, usando poucos recursos, bons trabalhos nas áreas de Tecnologia da Informação, Social, Marketing, Responsabilidade Social e Esportes Amadores, com ótimas ideias inovadoras e algumas ações nunca feitas na história do clube, além de vários títulos conquistados nos esportes amadores.

    5) Apoiou a aprovação das eleições diretas no clube, valorizando os sócios e aumentando a independência dos seus principais órgãos: a Diretoria Executiva e o Conselho Deliberativo.

    6) Criou o Portal da Transparência e o Conselho Consultivo.

    7) Realizou vários serviços de manutenção em todo o Complexo Sócio-Esportivo Vicente Farache.

    8) Reduziu o número de ações trabalhistas, principal causa das dificuldades financeiras que o clube vem tendo nos últimos anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *