Torcidas organizadas emitem carta aberta para a diretoria do ABC

Confira abaixo, na íntegra, a carta aberta das torcidas organizadas do ABC para a diretoria:

CARTA ABERTA PARA DIRETORIA DO ABC FUTEBOL CLUBE

Em nome de todas as torcidas do ABC, viemos através desta carta expor nossa total insatisfação em relação ao momento vivido atualmente pelo clube. Para isso, serão levantados alguns pontos que citaremos a seguir:

1) FINANCEIRO – Os problemas financeiros do ABC já eram conhecidos quando a atual gestão assumiu o clube. Buscar soluções, zelar pela transparência e, consequentemente, crescer as receitas era o esperado por todos. Porém, nada disso aconteceu. Não existe transparência, não foram encontradas soluções (talvez sequer tenham buscado) e os lamentos do presidente foram corriqueiros durante todo o mandato. Exigimos a transparência prometida durante a campanha!

2) FUTEBOL – O passar dos anos mostra, comprovadamente, que o campeonato estadual do nosso estado não é parâmetro para o resto da temporada. Estamos passando por mais um vexame na Série B por incompetência dos responsáveis pelas contratações. Exigimos profissionalismo no futebol do ABC! Precisamos de pessoas capacitadas, que façam avaliações eficientes dos jogadores antes de contratá-los e que tenham visão do futuro! Quantidade não é qualidade! Temos um elenco cheio de atacantes que não resolvem o problema, foram contratados atletas que não atuavam há quase um ano, existem jogadores desrespeitando o clube e a torcida nas redes sociais e nada foi feito! Todos nós sabemos que amor no futebol só existe por parte das torcidas, mas qualquer jogador que for contratado pelo ABC tem obrigação de honrar a camisa que veste e respeitar toda a sua história.

3) DIRETORIA – Na última eleição, apoiamos a chapa “Salve o Mais Querido” pela suposta renovação nos cargos do clube. O que se viu nos últimos meses foi o abandono dos cargos sem explicações reais de ambas as partes. Exigimos que todas as saídas da diretoria sejam esclarecidas! Queremos saber se apoiamos covardes ou se a culpa de tudo isso é da omissão e centralização do atual presidente.

4) DIRETAS JÁ – As eleições diretas foram uma conquista de todos. Através dela foi feito valer, verdadeiramente, o nosso título de “Clube do Povo”! Se as Diretas Já foram aprovadas em legítima reunião do conselho, queremos saber os motivos de até hoje não ter ocorrido as devidas mudanças do estatuto do clube em relação a isso. Exigimos a oficialização das Diretas Já no estatuto o mais rápido possível!

À diretoria, queremos explicações sobre todos os pontos destacados em uma reunião com todas as torcidas. Queremos respostas! Exigimos respeito e transparência para toda torcida alvinegra, cansada de fracassos dentro e fora de campo.

Informamos também que no próximo jogo do ABC Futebol Clube não nos faremos presentes dentro do “estádio” Arena das Dunas. A Diretoria e os jogadores não merecem o nosso dinheiro e, principalmente, o nosso apoio! PÚBLICO ZERO!

Estamos de luto por falta de luta!

Assinam:

Garra Alvinegra
Camisa 12
Movimento 90
ABCervejas
ABC Reggae

One thought on “Torcidas organizadas emitem carta aberta para a diretoria do ABC

  1. Com relação ao manifesto das torcidas, acho legítimo, assim como ocorreu duas vezes em 2015, quando o ABC perdeu o título estadual pro América e quando foi rebaixado para a Série C, porém algumas informações não são verdadeiras, por isso, na minha opinião, as críticas são injustas nestes aspectos.

    No ponto 1 (financeiro), destaco a crítica feita à falta de crescimento das receitas do clube.

    As receitas do clube cresceram na atual gestão. Quando a atual gestão assumiu, em janeiro de 2016, as principais receitas do clube eram a Timemania e os sócios. Na atual gestão, o clube conseguiu os patrocínios da Caixa, Cimento Nacional e Yamaha, além de outros pontuais. O problema é que as despesas também cresceram, pois muitas ações trabalhistas sofridas pelo clube na gestão anterior tiveram julgamento definitivo em 2016 e 2017, aumentando as dívidas trabalhistas, além de outras dívidas que também cresceram.

    No ponto 2 (futebol), destaco a crítica feita à elevada quantidade de contratações.

    Desde 2010, este foi o ano em que o ABC contratou a menor quantidade de jogadores. Apenas 48 jogadores estiveram no clube neste ano, enquanto que em 2013 estiveram 74 jogadores, em 2014 estiveram 80 jogadores e em 2015 estiveram 67 jogadores.

    No ponto 3 (diretoria), destaco a crítica feita ao abandono dos cargos sem explicações.

    Acho que todos os Vice-Presidentes que saíram da Diretoria Executiva do clube explicaram publicamente as razões das suas saídas. Se alguns não explicaram, não cabe à Diretoria Executiva explicar as razões deles.

    No ponto 4 (diretas já), destaco a crítica feita à ausência de mudanças no Estatuto do clube referentes às eleições diretas.

    As eleições diretas foram apoiadas pela atual Diretoria Executiva do clube e aprovadas pelo atual Conselho Deliberativo, mas só serão realizadas, conforme a previsão estatutária, em dezembro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *