ABC caminha para o pior rebaixamento de sua história

Com 27 rodadas da Série B já disputadas, o ABC caminha para o rebaixamento mais vergonhoso do clube nesta competição. Na era dos pontos corridos e no sistema de 38 jogos, o ABC acumula até agora dois rebaixamentos da B para a C. O primeiro em 2009 e o segundo em 2015.

Em 2015, o ABC fez 32 pontos e o primeiro fora da zona de rebaixamento anotou 44 (Oeste-SP). 12 pontos de diferença. Naquela competição, o alvinegro venceu 6, empatou 14, perdeu 18, com 41 gols marcados e 63 sofridos. Saldo negativo de 23.

Em 2009, o alvinegro anotou 35 pontos. Ficou a 11 do primeiro fora da zona de degola (América de Natal com 46). Venceu 10 jogos, empatou 5 e perdeu 23, com 40 gols marcados e 66 sofridos (26 de saldo negativo).

Nesta campanha de 2017, o ABC venceu até agora 4 partidas em 27 e tem saldo negativo de 22 gols, faltando ainda 11 rodadas. O alvinegro está distante 13 pontos do primeiro time fora da zona .

Para chegar próximo aos 32 pontos de 2015 ou aos 35 de 2009, o ABC praticamente terá que dobrar sua pontuação nestes últimos 11 jogos. E evitar também que continue a crescente e triste realidade do imenso saldo negativo.

Em tempo: o primeiro rebaixamento do ABC em Série B aconteceu no ano de 2001. Naquela competição o sistema era diferente. Foram dois grupos com 14 equipes cada. O ABC estava no grupo B, com outras 13 equipes e terminou em 13º das 14, com 29 pontos marcados em 26 jogos disputados. 

One thought on “ABC caminha para o pior rebaixamento de sua história

  1. Gringo o que mais deixa nós torcedores chateados e que a desculpa da diretoria do ABC é que nao contrata porque nao tem dinheiro, uma coisa precisa ser dita nao tem dinheiro porque nao sabe explorar uma riqueza que é o FRASQUEIRAO, pois poderia ganhar dinheiro explorando ele nos dias dos jogos, faria sua abertura pela manhã para uma manha de sol com shows de pagode ou forro, construir piscinas para os socios torcedores possam levar sua familia para se divertir, alugar o mesmo para shows com bandas de forro, ou de axe, shows com cantores da MPB e assim por diante, seria uma renda extra que no minimo daria para pagar a folha de pagamento e se brincar ainda dava para investir em contrataçoes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *