As viradas históricas do América

O América tem uma missão complicada diante da Juazeirense, na partida da volta valendo vaga na Série C de 2018. O placar de 3 a 0 para os baianos foi um duro golpe na luta rubra pelo acesso, mas tem um aspecto histórico que merece ser ressaltado: o América já reverteu placares adversos, situações que pareciam impossíveis.

Duas delas marcaram história e são muito lembradas pelos torcedores. A primeira aconteceu em 2000. O América perdeu para o Remo, em Belém (PA), por 2 a 0. Em Natal comandou a virada história de 6 a 2, classificando à fase seguinte da Copa do Brasil. Inclusive levando virada dentro da própria partida no Machadão e depois marcando gol a gol até fazer 6 a 2.

Em 2014 a mais emblemática de todas. Perdeu em Natal para o Fluminense por 3 a 0 e venceu no Rio de Janeiro por 5 a 2. O que parecia impossível virou um momento histórico do clube.

Outro confronto onde o América reverteu uma importante vantagem do adversário aconteceu no Campeonato Potiguar de 2005. O alvirrubro perdeu para o ASSU por 2 a 0 e venceu por 3 a 0 na partida da volta, no estádio Machadão.

Diante desses fatos históricos, o torcedor do América deve acreditar que é possível a virada diante da Juazeirense.

É difícil, sim.

Mas, a história e o peso da camisa também jogam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *