Sem captar patrocinadores em 2016, negócios fechados na gestão anterior vão salvando as finanças de 2016

kayke
Negociação de Kayke, tão contestada por atuais dirigentes, irá salvar o ABC

 

Sem ter captado nenhum patrocinador em 2016, são os negócios fechados pela gestão anterior que estão salvando as finanças do ABC em 2016. O clube irá receber quase 1 milhão e quatrocentos mil reais do percentual de Kayke que correspondia ao alvinegro. O dinheiro, inclusive, já foi repassado.

O ABC também está recebendo parcelas pelas negociações do jovem Pedrinho, adquirido pelo Fluminense e ainda poderá receber percentual da compra do zagueiro Sueliton (América Mineiro).

Ontem, no Tocando a Bola da 98FM, o vice-presidente de Futebol do ABC, Leonardo Arruda, confirmou que a maior parte dos recursos oriundos da negociação do atacante  Kayke (do Flamengo para o futebol japonês) serão utilizados no departamento de futebol. Embora a decisão dos percentuais finais caibam ao presidente Judas Tadeu Gurgel, pelo menos 60% dos recursos deverão ser usados para o futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *