Recordista mundial de expulsões, Bedoya é expulso na estreia como auxiliar técnico

Bedoya (vermelho) sendo expulso. O técnico Alexís Garcia reclama da decisão
Bedoya (vermelho) sendo expulso. O técnico Alexís Garcia reclama da decisão. Foto Mauricio León/EL TIEMPO

Recordista mundial de expulsões, o colombiano Gerardo Bedoya contabilizava 45 vermelhos em sua carreira como jogador. Isso mesmo. Expulso 45 vezes durante os 20 anos que jogou como profissional. Recorde mundial difícil de ser batido.

O último passo de Bedoya foi virar auxiliar técnico do Santa Fé, onde jogou durante os últimos anos e também assumiu recentemente as categorias de base do “Cardenal”, como é chamado. A estreia de Bedoya na sua nova função de auxiliar aconteceu ontem, quarta-feira, no famoso estádio El Campín, em Bogotá.

Pasmem, meus amigos! Bedoya “El General” foi expulso na sua estreia como auxiliar técnico de Alexis García. Isso mesmo.

Segundo as reportagens colombianas, Bedoya não parou de importunar o assistente Wílmar Navarro, que o denunciou ao árbitro principal e acabou expulso.

Muita reclamação, como de praxe, mas Bedoya entrou novamente para a história do futebol mundial. Expulso 45 vezes como jogador e agora também na sua estreia como auxiliar técnico.

A foto da expulsão, com Bedoya de roupa vermelha saindo do campo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *