O aniversário do melhor camisa 9 do futebol mundial: Luisito Suárez

Arte: Diário El Pais (Uruguay).
Arte: Diário El Pais (Uruguay).

Completou aniversário um dos melhores camisas 9 do futebol mundial nas últimas temporadas. O uruguaio Luisito Suárez chega aos 29 anos de uma carreira repleta de sucessos e de muita luta. Luis Alberto Suárez Diaz nasceu em  Salto, norte do Uruguai (mesma cidade de Cavani)  e brilhou desde os primeiros passos no futebol nas categorias de base do Nacional. Saiu de lá para conquistar o mundo.

Carreira feita à base de qualidade, força e muitos gols.  Matador nato desde os primeiros passos quando brilhou no Bolso ainda com 18 anos, sendo negociado em seguida com o modesto Gronijen. Na primeira temporada na Holanda anotou 15 gols jogando por um time de pouca expressão. Despertou o interesse do poderoso Ajax, que pagou na época sete milhões e meio de euros (2007).

Com a camisa do Ajax, Luisito Suárez conquistou os olhares dos principais times da Europa. Marcou incríveis 113 gols em 161 partidas, sendo 22 deles em 44 partidas logo na primeira temporada. Em 2011, sua saída do Ajax era o principal assunto na Europa. O Liverpool fez a melhor oferta da época e pagou 27 milhões de euros (janeiro de 2011).

No Liverpool transformou-se em lenda. Seguiu sua sina matadora e assim o sucesso mundial com a camisa de um monstro do futebol europeu. Seus 82 gols o levaram até o Barça, que em julho de 2014 pagou 81 milhões de euros por sua contratação.  No Barcelona transformou-se no “S” do trio MSN (Messi, Suárez e Neymar).

Na seleção do Uruguai é o principal artilheiro de todos os tempos com 50 gols. Estará voltando da suspensão em jogos oficiais pela Celeste contra o Brasil, em março, pelas Eliminatórias (o jogo deve ser em Recife).

Vídeos de Luisito que na minha avaliação representam muito de sua carreira, personalidade e qualidade.

 

Primeiro contra a Inglaterra voltando de cirurgia.

 

No segundo vídeo o lance contra Gana, na Copa da África 2010.

Camisa do Barcelona contra o Real Madrid.

 

Pelo Liverpool.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *