Em jogo sonífero, ABC vence com o Palmeira

Foto: Diego Breno
Foto: Diego Breno

E finalmente o Campeonato Estadual começou. Depois de tanta expectativa para alvinegros e alviverdes, ABC e Palmeira abriram o campeonato. Porém, quem teve a oportunidade de ver a partida, teve uma única certeza: foi um jogo duro… de assistir. Doeu na vista. Ok, a desculpa de “É início de temporada, os jogadores estão tentando voltar ao ritmo… e blá blá blá” é até aceita,  mas cá entre nós: foi difícil. O placar de 2×1 foi de bom tamanho.

O JOGO

Foto: Diego Breno
Foto: Diego Breno

Como foi falado no início deste texto, todos tinham uma expectativa de, primeiro ver como estariam suas equipes; segundo que, por ta jogando em casa, o torcedor do ABC queria ver um time mais empolgante. que pudesse esquecer aquele ABC da temporada passada. Mas o que se viu foi duas equipes se respeitando muito. Chances praticamente não houveram. Podemos dizer que o primeiro tempo se resumiu em dois lances: a primeira foi que o atacante do ABC aproveitou a bobeira do zagueiro do Palmeira e iria invadir a área para tentar marcar o gol. Só que o zagueirão Rafael resolveu agarrá-lo e o árbitro só amarelou -o que provocou muita reclamação dos ABCdistas. Por fim, já no término da etapa inicial, o zagueiro Rafael bobeou de novo e derrubou Bruno Furlan dentro da área. Pênalti, onde Nando marcou o primeiro gol do Estadual. Depois disso, só restávamos a agradecer a Deus pelo fim do primeiro tempo.

Já na etapa final, as coisas se desenhavam para a mesma coisa inicial. Todavia, víamos que pelo menos os técnicos pediram para a rapaziada acordar. Mesmo com um a menos, o Palmeira só jogava por uma bola. E foi numa dessas, que Romário aproveitou a chance e empatou a partida. Parece que o gol acordou as duas equipes. O ABC, aos poucos, tentava furar o bloqueio do time de Goianinha. Já o Palmeira via que a chance era jogar por uma bola. E não é que ela apareceu, Moisés livre recebeu, driblou Vaná e tocou, mas o zagueiro do ABC tirou no último momento. Sabe o ditado do “Quem não faz, leva?”. Pois bem, aos 28 minutos, após bola na área, Zaquel desviou e mudou o placar no Frasqueirão. Depois disso, o alvinegro teve algumas chances, mas parou no goleiro Yuri.

FICHA TÉCNICA

ABC x PALMEIRA

LOCAL: Estádio Maria Lamas Farache

ABC: Vaná; Filipe Souza, Jerfeson Lima (Zaquel), Gustavo Bastos e Hugo; Márcio Passos, Bida (Ítalo), Bruno Furlan (Alvinho) e Chiclete; Amoroso e Nando. TÉC: Narciso.

PALMEIRA: Yuri, Augusto, Rafael, Lucas Carioca e Guilherme; Oliveira (Júnior), Moisés, Thiago Bispo e João Lucas (Marcones); Santa Cruz (Arthur)  e Romário. TÉC: Marcos Ferrari.

CARTÕES AMARELOS: Oliveira e Lucas Oliveira (PALMEIRA)

CARTÕES VERMELHOS: Rafael (PALMEIRA)

GOLS: Nando e Zaqueu (ABC); Romário (PALMEIRA)

PÚBLICO PAGANTE: 950

SÓCIO TORCEDOR: 735

PÚBLICO NÃO-PAGANTE: 247

PÚBLICO TOTAL: 1932

RENDA: R$ 23.190,00

GALERIA DE FOTOS

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *