Médico Roberto Kalil, o “Anjo do Sírio Libanês”, receberá título de Cidadão Natalense

roberto

O renomado cardiologista paulista Roberto Kalil Filho se tornará cidadão natalense no próximo dia 12 de agosto, quando a Câmara Municipal de Natal fará a entrega da comenda. A homenagem está publicada no Diário Oficial do Município (DOM) e assinada pelo presidente da casa, o também médico Franklin Capistrano e pelos secretários Luiz Almir e Julio Protásio.

Roberto Kalil Filho é considerado o ‘anjo’ do hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O notável cardiologista  também preside o  Conselho Diretor do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

Roberto Kalil Filho é paulista de nascimento, cardiologista formado pela Universidade de Santo Amaro (UNISA). Desde 2011, é o professor titular da disciplina de cardiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e também diretor clínico do Instituto do Coração (InCor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo(FMUSP).

Roberto Kalil fundou o Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, onde criou a residência médica em cardiologia. Ele também é padrinho da instituição APAE desde 2011.

Além de uma carreira brilhante na medicina e um trabalho voltado para o aspecto social, Roberto Kalil Filho mantém lutas permanentes para aumentar o debate sobre o impacto de remédios quimioterápicos no coração. No InCor, inclusive, criou programas específicos com essa finalidade. Sob sua coordenação, em 2011, foram lançadas as primeiras diretrizes de cardio-oncologia no mundo, tornando o País pioneiro nessa área.
Outra luta de Roberto Kalil Filho é o modelo de financiamento do SUS (Sistema Único de Saúde). Em artigo recente na Folha de S. Paulo, o cardiologista disse que o SUS “trouxe inegáveis avanços para a saúde brasileira e é um dos melhores programas sociais que o país já criou. Seu modelo de financiamento, no entanto, é arcaico, não acompanhou a evolução da medicina”, afirmou. Uma das justificativas é que a tabela do SUS, muito antiga, não permite o acesso aos recursos tecnológicos mais modernos.
Em Natal e no Rio Grande do Norte já cuidou de inúmeros pacientes – muitos políticos e empresários – e tem o carinho de toda a coletividade potiguar pela sua figura humana e dedicada à medicina.
A entrega do Título de Cidadão Natalense acontece dia 12 de agosto, na Sala das Sessões da Câmara Municipal de Natal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *