Por onde andam aqueles jogadores do Boca 2010 que esteve em Natal?

mino

O Cruzeiro tornou oficial hoje a contratação do meia-atacante Sanchez Miño, cria do Boca Juniors e que também brilhou no Estudiantes e pertence ao Torino, da Itália. O torcedor potiguar mais atento deve lembrar dele no amistoso realizado no estádio Frasqueirão no dia 27 de maio de 2010, quando o alvinegro recebeu em jogo amistoso o chamado “La Tercera” do Boca e venceu os portenhos por 2 a 1 (vídeo no post).

Aquele time comandado pelo “Colorado” Oscar Regenhardt tinha basicamente atletas de até 20 anos e alguns acima dessa idade, mas principalmente muita qualidade.

Sanchez Miño, na época, tinha 20 anos. Assim como Cañete, que um ano depois despontaria como substituto de Riquelme com a 10 Xeneize e brilharia também no futebol chileno até ser comprado pelo São Paulo e semanas depois de apresentado no Morumbi romper os ligamentos (nunca mais foi o mesmo jogador infelizmente).

Em tempo: alguns atletas daquele time do Boca não tiveram grandes sequencias. O autor do gol Xeneize, o uruguaio Mathias Saavedra (cria da base do Nacional e vendido ao Boca) hoje atua em pequenos times no Uruguai.

O jovem goleiro Horst (também com 20 anos na época), que chamou muito a atenção por suas grandes defesas, atuou este ano pelo Rivadavia, da terceira divisão argentina.

O vídeo daquela partida e a ficha técnica que está no vídeo do Blog Papo Alvinegro.

 

Local: Estádio Frasqueirão, Natal/RN.
Publico: 4.801 presentes.

Árbitro: Leandro Saraiva Dantas de Oliveira
Assistente 1: José da Silva Sobrinho
Assistente 2: Valdomir Antônio de Araújo Junior
4º árbitro: Andrielly Elkeitt

ABC(2): Welington, Ronaldo, Tiago Garça, Leonardo, Renatinho; Basílio, Ricardo Oliveira (Bileu), Claudemir (Everton Cesar) e Cascata (Gabriel Pimba); Zulu (Ederson) e João Paulo(2) (Felipe Moreira). Técnico: Leandro Campos.

Boca Juniors(1): Horst, Villafañe, Echeverria, Ruiz e Santagati (Alfonso); Flores (Mazzola), Fernandes, Cabrera (Cuzco) e Sanchez (Cañete); Felipe (Joel Acosta) e Mathias Saavedra(1). Técnico: Oscar Regenhardt.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *