Guia do Torneio Internacional de Futebol Feminino em Natal: Brasil

Foto: Rafael Ribeiro/CBF
Foto: Rafael Ribeiro/CBF

E chegamos ao nosso último momento sobre as seleções que irão disputar o Torneio Internacional de Futebol Feminino. Como não poderia deixar de ser, vamos encerrar o nosso Guia com a “Cereja do Bolo”. Afinal de contas, dentre as Seleções que vão disputar a competição, nada melhor do que falar sobre a melhor ranqueada pela FIFA, da que tem a jogadora que poderá bater o recorde de gols de Pelé vestindo a camisa amarela, do time que recordista de títulos da competição… Sim, caros leitores, hoje é dia do Brasil.

Certamente você, caro leitor, imagina que a Seleção Feminina  foi formada apenas em 2004, nos Olimpíadas, correto? Porém, a primeira formação aconteceu em 1986 onde enfrentou os Estados Unidos e perdeu por 2×1. No entanto, podemos dizer que a Seleção Brasileira Feminina começou a “tomar corpo” a partir de 1995, graças a José Duarte, ou simplesmente Zé Duarte, que foi treinador da Seleção onde jogadoras de Formiga (que estará aqui disputando o Torneio), Michael Jackson, Maravilha, Kátia Cilene, Sisi, a potiguar Suzana, etc, etc, etc.

Considerada a melhor Seleção na América do Sul, o Brasil ainda não tem um título considerado de expressão. A medalha de ouro escapou nas Olimpíadas de 2004 e de 2008. Na Copa do Mundo, mesmo em ter participado de todas as edições, ainda não deu. Aliás, na Copa do Mundo de 2007 -realizada na China- foi que aconteceu o grande feito ao eliminar a badalada Seleção dos EUA por 4×0, com direito a um golaço de Marta (relembre com o vídeo abaixo na narração de Luciano do Valle)

Em busca do Hexa, o Brasil chega como grande favorito ao Torneio Internacional de Futebol Feminino.

O TÉCNICO

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Oswaldo Alvarez, o Vadão, ficou conhecido, na década de 90, pelo seu estilo ofensivo quando dirigia o time do Mogi Mirim. Porém, o que marcou mesmo o treinador foi ter feito parte do time campeão pelo São Paulo no Torneio Rio-São Paulo, quando ele lançou uma jovem promessa chamada Kaká. Assumiu a Seleção Brasileira de Futebol Feminino no ano de 2014. O experiente técnico de 59 anos trabalha intensamente para marcar seu nome na história da Seleção.

 

DESTAQUE

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

 

Não teria como não ser ela. Eleita cinco vezes a melhor jogadora do mundo, primeira e única mulher a deixar a marca dos pés na Calçada da Fama do Maracanã, a alagoana de 29 anos é a grande estrela desse time. Comparada com o Rei Pelé, Marta conquistou o título de ser a Rainha do Futebol brasileiro. Aliás, ela pode ultrapassar Pelé no número de gols marcados vestindo a camisa da Seleção Brasileira. Jogadora inteligente, rápida, habilidosa, faro de gol, inúmeros adjetivos em prol da camisa 10 o leva a ser a grande destaque do Torneio Internacional de Futebol.

 

 

 

AS CONVOCADAS

O técnico Oswaldo Alvarez convocou 23 jogadoras para a disputa deste Torneio. Sem poder contar com Cristiane e Érika (que não foram liberadas pelo PSG), Vadão tem a disposição as seguintes atletas:

GOLEIRAS

Este slideshow necessita de JavaScript.

DEFENSORAS

Este slideshow necessita de JavaScript.

MEIAS

Este slideshow necessita de JavaScript.

ATACANTES

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *