Força e Luz é eliminado do Estadual Feminino pelo WxO, não pelo BID

Foto: Diego Breno/Blog do Gringo
Foto: Diego Breno/Blog do Gringo

As semi-finais do Campeonato Estadual de Futebol Feminino pareciam estar tudo sob tranquilidade. Porém, uma reviravolta aconteceu na tarde desta terça-feira. O Força e Luz, que ficou na quarta posição na classificação da primeira fase, foi eliminado. Após ser julgado, o clube foi punido com eliminação do estadual. Assim, o Sport Club Parnamirim -que havia perdido todos os jogos e foi o último na classificação da primeira fase- ficou com a vaga.

Mas vocês devem está se perguntando: porquê?

Segundo o Art. 13º, do regulamento da competição, diz que a “equipe que perder por WxO será levada a julgamento e sofrerá penalidade técnica e financeira de acordo com a decisão do TJD/RN“. Como a equipe do Força e Luz tinha uma partida a ser realizada na última rodada e não compareceu, o time foi julgado e sofreu a punição da eliminação. Além disso, segundo o regulamento, “a equipe que desistir da competição, antes ou após o seu início, sofrerá uma punição pecuniária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil Reais), ficará automaticamente afastada do campeonato do ano sequente desta categoria, além da penalidade que será imposta pelo TJD/RN“. Porém, algo que intrigava estaria por vir.

Uma fonte, da qual preservarmos (obviamente), revelou que desde a primeira rodada, nenhuma atleta do Força e Luz estava regularizada no BID (Boletim Informativo Diário da CBF). E não foi só na primeira rodada, na rodada seguinte também não estavam regularizadas. Somente próximo da terceira rodada é que começaram a aparecer o nome das atletas. E aí entra o ponto alto da história: segundo a fonte, TODOS (entende-se clubes participantes e Federação) SABIAM DESSA SITUAÇÃO. Inclusive, a Federação aceitou as inscrições com o campeonato em andamento. Porém, segundo me falou a fonte, não houve justificativa do porque dessa atitude.

Vamos ver o que diz o Art. 8º, do regulamento? “A condição de jogo das atletas será dada mediante sua publicação no BID-E junto a CBF e FNF. A documentação necessária para registro das atletas terá que ser protocolada junto á FNF até o dia 21/10/2015 (quarta feira) tendo o nome dos mesmos publicados no BID-E até o dia 23/10/15 (sexta feira) para condição de jogo das atletas na 1° rodada. Para as demais rodadas a condição de jogo se dará com a publicação no BID-E até o último dia útil antes das partidas, sendo permitidos novos registros até o último dia útil antes do início da fase semi-final“.

Imagem: Reprodução
Preservamos os nomes das atletas. Imagem: Reprodução

Fazendo uma rápida busca no BID (para conferir, basta acessar o site http://bid.cbf.com.br/), percebemos que as atletas do Força e Luz só começam a aparecer no Boletim Informativo somente a partir do dia 11/11. Ou seja, após duas rodadas (como vocês podem ver na imagem abaixo). Na semana que antecede a primeira e a segunda rodada, não aparece absolutamente nada.

Imagem: Reprodução
Preservamos os nomes das atletas. Imagem: Reprodução

Outra coisa que chamou a atenção, segundo o relato da fonte, foi que as outras equipes questionavam e por parte da Federação ouvia-se: “Protestem!”. Porém, para entrar com um protesto mediante a tal acusação, a equipe teria que desembolsar uma quantia de R$ 1.000,00. Como sabemos que grande parte dos “pequenos” clubes brasileiros sofrem com verbas, não seriam os clubes de futebol feminino que sobressairiam mediante a tal. Então, nenhuma dos outros times da competição resolveram seguir adiante com o “protesto”.

O Blog do Gringo entrou em contato com os clubes para saber se realmente procedem as informações. O União, líder do campeonato, emitiu uma nota (através da sua Página Oficial no Facebook) dizendo que “a equipe do Força e Luz foi ELIMINADA JUSTAMENTE, por ter iniciado a competição totalmente irregular sem nenhuma de suas atletas inscritas no BIDconfirmando a informação do Blog. Além disso falam do novo adversário, o Parnamirim,”no qual vem feito um trabalho totalmente de acordo com o regulamento“.

Por telefone, o Blog do Gringo conversou com Corintians, Monte Líbano e Parnamirim. Os clubes confirmaram a informação de que sabiam que as atletas do Força e Luz não haviam saído no Boletim informativo nas duas primeiras rodadas.

Até o fechamento desta postagem, não conseguimos entrar em contato com o Força e Luz.

O Blog do Gringo também entrou em contato com o presidente da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol, José Vanildo, e disse que não chegou nada a respeito dessa informação [que não era do conhecimento os nomes das atletas não estarem no BID]. Tentamos conversar com Wilton Barros, diretor do Departamento do Futebol Feminino da FNF, por telefone, mas as chamadas não foram atendidas. Ainda conseguimos falar via WhatsApp, mas na hora da ligação, não atendia.

Com a eliminação do Força e Luz, as semi-finais continuam para o próximo sábado, porém apenas com a presença de um novo integrante:

Estádio Juvenal Lamartine (Natal): União x Parnamirim – 15h

Estádio Marizão (Caicó): Corintians x Monte Líbano – 15h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *