Não ao linchamento moral! Todos já acertaram e erraram

Rubens Guilherme, presidente do ABC. Foto: Tribuna do Norte
Rubens Guilherme, presidente do ABC. Foto: Tribuna do Norte

Hoje foi mais um capítulo de confusões na tumultuada eleição do ABC.  O linchamento moral não só tem sido o fator negativo nas redes sociais, mas colaborado para o processo de desconstrução de trajetórias de alguns grandes abecedistas na história do alvinegro.

O torcedor custa entender que perder e ganhar faz parte da vida do dirigente, e o velho chavão “todos trabalharam para acertar” é a única verdade aqui. Ninguém vai dedicar anos de sua vida, enfrentar atritos familiares ou muitas vezes aportar investimentos financeiros do seu patrimônio pessoal – como já aconteceu incontáveis vezes – para que o projeto não seja vitorioso. Seria ilógico como rasgar dinheiro.

Rogério Marinho, diretor administrativo e financeiro
Rogério Marinho, diretor administrativo e financeiro

Em 2009, quando o ABC também foi rebaixado e igualmente tinha dívidas, outro grupo entrou em 2010 e acabou mudando a história do clube. Vieram patrocinadores nacionais, parcerias, investiu-se em marketing forte, vieram títulos (o principal de todos o da Série C 2010), chegou-se ao patamar dos 10 mil sócios, ônibus, academia de grande porte e tantas outras.  O clube se modernizou e cresceu.

Essas são conquistas da gestão de Rubens Guilherme. Dele e de muitos que remaram nestes anos; Bira Marques, Silvio Bezerra, Paulo Tarcísio e outros que também estiveram nos primeiros três anos de gestão e contribuíram muito, como é o caso também de Bruno Giovanni, Flávio Anselmo, César Augusto…

Como Judas Tadeu e seus pares – que já participaram de outras gestões e também da atual – conquistaram títulos, glórias e da construção do estádio Frasqueirão. Assim como Leonardo Arruda em mais de uma ocasião presidente e campeão muitas vezes. Todos já deixaram sangue pelo ABC.

Rebaixamento é um momento conturbado e o clube já viveu isso em outras situações. A diferença, hoje, é que estamos no mundo do linchamento virtual. Onde histórias de vida podem ser desconstruídas em um único post. Impera o ódio, a falta de respeito e as insinuações caluniosas.

flavio anselmoConheço todos que passaram pelo clube e ainda os que estão na disputa da eleição do ABC, de um lado e outro. Entrevistei todos ao longo destes anos e  acompanhei as trajetórias como repórter esportivo, seja em rádio,  jornal, tv e neste blog.

O torcedor precisa saber que dos dois lados existem grandes abecedistas. Que já acertaram e erraram, que já estiveram juntos e agora estão em lados opostos, normal de uma disputa.

Espero que a eleição do ABC entre num rumo de humanidade, propostas e grandeza capazes de fazer o torcedor se engajar positivamente.

E assim mudar a história do clube para melhor, sempre.  Como fizeram os que estão agora e os que passaram. Não tem vilão de um lado e mocinho do outro.

Todos já acertaram, todos já erraram.

Judas Tadeu Gurgel
Judas Tadeu Gurgel

leonardo

 

 

 

 

 

One thought on “Não ao linchamento moral! Todos já acertaram e erraram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *