Explicando as cotas nos mínimos detalhes. ABC pode receber mais R$ 1 milhão

Uma postagem de ontem sobre os novos valores de cotas da Série B (leia aqui) gerou algumas dúvidas aos leitores. Poderíamos corrigir no próprio post? Sim. Mas optamos detalhar em uma nova postagem para que as coisas se tornem bem mais claras.

A dúvida maior foi a seguinte: com o rebaixamento do ABC, ele receberá algo desse adiantamento que os clubes pediram referente os valores das cotas? A resposta é sim. Por uma razão. O clube, mesmo já rebaixado matematicamente para a Série C de 2016, ele ainda participa da Série B este ano. Tanto é que, na reunião que aconteceu na CBF para definir a renovação de contrato com a emissora detentora, o Londrina foi barrado em participar, visto que a competição ainda não acabou.

Voltando, como o contrato vence em 2017 e se tinha um valor de R$ 57 milhões, os clubes pediram um adiantamento desse valor. Dos R$ 57, pediram R$ 17. Esses R$ 17 milhões seria repartidos com os clubes que disputam a Série B deste ano. Porém, Bahia, Botafogo e Vitória não receberiam esse valor por terem contratos de Série A. Ou seja, os R$ 17 milhões seriam repartidos entre os 17 clubes restantes da Série B, inclusive o ABC.

Sobram R$ 40 milhões, correto? Desse valor, R$ 20 milhões serão repartidos com os clubes que disputarão a Série B em 2016 e os outros R$ 20 milhões com os clubes que disputarão a competição em 2017. Só no ano seguinte é que começarão a valer os novos valores, já que estará, em vigência, o novo contrato (de preferência com os clubes potiguares participando).

Espero que, agora, as coisas tenham ficado mais claras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *